segunda-feira, 27 de julho de 2009

PONTO CHIC

Local onde funcionou o Ponto Chic - Atual Delegacia Estadual do Ministério do Trabalho - Edifício Leal.
Foto: José de Oliveira Brito Filho.



Encerramento das atividades do Ponto Chic.
Jornal Gazeta de Sergipe nr. 3829 - 18/04/1969.



Ponto Chic à esquerda da foto.
MELINS, Murillo. Aracaju romântica que vi e vivi. Anos 40 e 50. 3ed. Aracaju: Unit, 2007 p. 39.

Ponto Chic.
Foto: Domínio Público - Acervo Lineu.




O Ponto Chic, bar localizado na esquina da Rua João Pessoa com Rua Laranjeiras, onde atualmente se encontra a Delegacia Estadual do Ministério do Trabalho, segundo o pesquisador Luiz Antônio Barreto, era também uma sorveteria, e um ponto de encontro de todas as classes, de políticos, senhores de terra a estudantes, atendendo no balcão com drinques, refrescos e cafés, e nas mesas, com o irresistível sorvete tricolor. Os intelectuais sergipanos, alí se reuniam para um bom bate-papo e para beberem alguns drinques, antes de se dirigirem à Livraria Regina, habitual reduto destas personalidades. Era também casa de lanches. Fazia parte do circuito cultural das Ruas João Pessoa e Laranjeiras, juntamente com o Café Ponto Central, o Cinema Rio Branco e a Livraria Regina.
Armando Maynard acrescenta que anexo ao Ponto Chic existiu a Bomboniere Chic que na época era o principal ponto de vendas de jornais e revistas de todo o Brasil, administrada pelo saudoso Moacyr.

Um comentário:

Armando Maynard disse...

Tinha eu 19 anos quando o "Ponto Chic" encerrou suas atividades. Anexo ao mesmo havia a "Bomboniere Chic" que na época era o principal ponto de vendas de jornais e revistas de todo Brasil, administrado pelo saudoso Moacyr. Caro professor, visite [www.lygiaprudente.blogspot.com] e na coluna do lado direito do blog: MARCADORES clique MEMÓRIAS, acho que irá gostar. Um abraço, Armando.